terça-feira, 25 de Julho de 2017

 



A saúde através da água

Cláudia Pinto

O interesse pelas termas parece estar a voltar. A era da cronicidade das doenças, a necessidade de adoptar comportamentos saudáveis, o Stress  +  urbano, os erros alimentares, o Sedentarismo  + , as melhores bases científicas da hidrologia médica e os chamados programas de “bem-estar termal” levam de novo os portugueses “a banhos”. Na última década, os balneários portugueses renovaram-se. A oferta melhorou. Para compreendermos este fenómeno, entrevistámos o Dr. Pedro Cantista, director clínico das Termas de S. Jorge. Há largos anos envolvido na área do termalismo, é também presidente da Sociedade Portuguesa de Hidrologia Médica (SPHM), presidente da Secção Europeia da Sociedade Mundial de Hidrologia e coordenador do Grupo de Balneologia da União Europeia de Médicos Especialistas.

http://www.medicosdeportugal.pt/content_files/cms/img/img1_ebb71045453f38676c40deb9864f811d.jpg
Que tratamentos são proporcionados pelas Termas de São Jorge?

As termas de S. Jorge dispõem de praticamente todas as modernas modalidades de tratamentos termais. Técnicas de imersão para as quais dispomos de banheiras de última geração (que permitem hidromassagem comandada por dispositivos computorizados); duches de Vichy (técnica que associa o duche e a massagem em simultâneo); duches de agulheta (escocês, alternante, etc.); duches circulares, pulverizados, em leque; piscina termal, tanque de marcha; técnicas de vapor (coluna, mãos, pés); hidropressoterapia; irrigações nasais, inalações, nebulizações, aerossois; técnicas complementares como massagem, cinesiterapia, ginásio, parafangos (lamas quentes) e pressoterapia.

Com estas técnicas temos a possibilidade de responder às necessidades terapêuticas dos termalistas que nos procuram com patologia do aparelho locomotor, do aparelho respiratório e da pele. Temos ainda programas de bem-estar, de prevenção e de reabilitação.



Os médicos de família estão sensibilizados para a importância das termas?

Os colegas de Medicina Geral e Familiar estão entre os especialistas que melhor informação tem sobre termas. A grande maioria prescreve com alguma frequência e de modo correcto tratamentos termais. É claro que é desejável mais formação, dado que hoje há uma enorme evolução na medicina termal, que já tem uma base científica muito interessante.



Sabemos que vai presidir ao próximo Congresso Mundial de Hidrologia Médica. Quando e onde se vai realizar?

A Sociedade Mundial de Hidrologia honrou a cidade do Porto com este congresso que vai decorrer de 26 a 28 de Junho de 2008. Penso que o congresso constitui um acontecimento de grande relevo para Portugal pois dará às termas portuguesas uma enorme visibilidade internacional. Julgo que vai valer a pena participar! Presidir a um congresso mundial é um grande desafio! Mas é um risco bem calculado que vale a pena correr….



Não confunda termas, spa e wellness
Conheça as diferenças!

Por Dr. Pedro Cantista

Termas – São locais de saúde caracterizados pela existência de águas minerais naturais com propriedades terapêuticas. A actividade termal está sujeita a prescrição médica, mesmo nos casos dos programas de “bem-estar termal” destinados a pessoas sem problemas de saúde em especial.

SPA - Significa “saúde pela água”. Na língua inglesa significa também “termas”. No entanto actualmente este termo está mais conotado com estabelecimentos de relaxamento, estética e turismo.

Wellness - É uma filosofia de vida em que não se procura um patamar elevado de forma física, uma vez que já se constatou que bastam alguns progressos no tipo de comportamentos de saúde para obtermos benefícios. O termo resulta da conjugação de duas palavras: well (being) + fit (ness) = wellness



Contactos:
Lugar da Sé
4509-903 Caldas de S. Jorge
Tel. 256 910 360
Fax. 256 910 369
Site: www.termas-s.jorge.com
Email: info@termas-sjorge.com


Fonte: Jornal do Centro de Saúde
http://www.medicosdeportugal.pt/content_files/cms/src/src_ebb71045453f38676c40deb9864f811d.jpg